quinta-feira, 29 de julho de 2010

meu amor



nunca percebi isso antes, mas a felicidade está tipo assim, bem na sua frente, está entendendo? É como se nós.. como se você fosse tudo o que eu preciso para ser feliz, e você está bem aqui, do meu lado. Eu te amo meu lindo ♥

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Dizem que encontramos..

o que mais procuramos quando paramos de procurar. Será que é verdade?

segunda-feira, 19 de julho de 2010

.

Penso e tento procurar na minha mente, palavras novas, formas diferentes para expressar de mostrar todo meu amor por você quando faço algo novo, porém estou ficando sem ideias. Nosso amor durou e vai durar tanto, que vou passar vários momentos da minha vida a repetir, coisas lindas que muitas vezes já tinha de tido ou feito, mesmo uma melhor tão linda e meiga mereça receber muito mais do que qualquer palavra sincera ou gesto de amor. A cada longo beijo, a cada longo abraço, ou até mesmo aquele interminável carinho que um faz no outro, só me deixa cada vez mais um garotinho tolo e apaixonado por uma mulher maravilhosa e repleta de coisas boas de dentro dela. Já falei e vou repetir pelo resto da minha vida, que a gente vai ficar juntos pra sempre, e nada vai conseguir separar o nosso amor, e com o decorrer de muito tempo só teremos a ganhar mais experiência, afinidade e alguns cabelos brancos e crianças correndo pela casa o tempo todo, porque não? Você me fez acreditar no real significado de construir uma família, no real sentido do felizes para sempre, mas nunca vou acreditar que a morte nos separar, porque se durante toda a vida que é cheio de armadilhas, não consegui nos separar, porque logo agora conseguiria? A nossa união de sagrada não tem nada, mas de puro e valioso amor, tem mais que o suficiente. As cores mudam, os calendários são rasgados, as pessoas passam em nossa vida, mas o que jamais era passar das nossas sera a nossa união, um elo entre duas pessoas tão impossível de ser quebrado que nenhum dos motivos normais ou diferentes. Quero te dizer também que nenhuma de nossas brigas muito menos ciúmes ou desentendimentos ira nos afastar ou diminuir essa amor imenso em nós dois, porque em meu coração, preservo nosso amor de uma forma que nada nem ninguém que chegue perto dele, possa destruir ou ferir esse sentimento intocável. Eu só preciso do seu amor pra ser, e o que nascera depois vindo do fruto do nosso amor, sera o melhor presente que a vida possa me dar, pois daqui pra frente eu vou ter mais motivos a mais para ser feliz, não que me falte algum motivo, mas o que surgir disso, ira ser a coisa mas pura e bem cuidada que o mundo já viu. Enfim, esse babaca aqui pode fazer as merdas aqui que ele faz ou fala pra você, mas no fundo de tudo, ele sempre vai te amar, não importa o que de pior acontece, pois amor de verdade só tem uma vez na vida, e eu aposto TUDO o que um mero mortal pode apostar, que você é a única que pessoa que eu vou amar tão intensamente assim. Então assim: você é tudo enfim, que eu preciso ter, eu te amo muito. ♥


Upload by: Douglas Martins.

O tempo é muito lento

para os que esperam.
Muito rápido para os que tem medo.
Muito longo para os que lamentam.
Muito curto para os que festejam.
Mas, para os que amam, o tempo é a eternidade.





William Shakespeare.

Aos poucos você percebe

o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida e o que nunca deveria ter entrado nela.

Me desculpe,

 mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (...) Receio que não possa me explicar, porque é justamente aí que está o problema: posso explicar uma porção de coisas. Mas não posso explicar a mim mesma.

Por maior que seja a montanha

ela nunca tapa o sol.

é madrugada

 É nela que as coisas fluem, que a vida se mostra mais tranqüila, seja para pensar,refletir, criar, namorar, escutar música, ler. Na noite escura de céu estrelado ou chuvoso, é aí que temos a paz para fugir do stress diário e das pressões do cotidiano.

domingo, 18 de julho de 2010

sábado, 17 de julho de 2010

(...)

Enquanto o resto do mundo sorria, ela chorava. Não em lágrimas, em palavras,